Atletas de Chapecó conquistam 33 medalhas em Balneário Camboriú

0
Divulgação/ATA Chapecó

Todo o esforço que a delegação da ATA Chapecó fez para participar do campeonato brasileiro de taekwondo Songahm, no último final de semana, foi premiado com uma atuação de ouro. Foram 18 atletas da capital do oeste que foram até o litoral por a prova seus meses de treinos. Ao todo foram conquistadas 33 medalhas, sendo 17 de ouro, cinco de prata e outras 11 de bronze. Entre os destaques, o aluno Eder Rodrigues, 36, que conquistou pela terceira vez consecutiva o primeiro lugar na sua categoria no brasileiro.

Entre os estreantes, Caetano Müller, 14, foi campeão na categoria de sparring (lutas). As meninas Bruna Schuck, 23 e Vanessa Mello, 33, também estrearam em competições já com o primeiro lugar nas suas categorias. Nas categorias infantil, a ATA Chapecó ganhou dois primeiros lugares com Arthur Rodrigues, 7, que demonstrou uma excelente técnica e promete muito pela frente. “Tem tudo para ser um grande faixa preta, se seguir neste ritmo poderá ser um dos grandes campeões da ATA”, comenta o instrutor, Arnaldo Recchia.

Apesar do resultado expressivo, um recorde para a ATA Chapecó tanto em número de participantes quanto em número de conquistas, o professor Recchia lembra o lado mais importante da competição. “O mais valioso de todo o processo foi o aprendizado. Não existe perder, existe vencer ou aprender. Todos que participaram aprenderam mais sobre seus limites e como ultrapassá-los”, conclui.

Os próximos eventos em que os alunos da ATA Chapecó participarão só em 2017. Em abril, dias 1 e 2 campeonato catarinense e logo em seguida, no dia 29 mais uma etapa do campeonato brasileiro.

Os números 

O evento deste último final de semana foi marcado por quebra de recordes. No sábado foi realizado o maior exame de faixas pretas da história da ATA Brasil, ao todo, 174 candidatos a faixa preta e novos Dans apresentaram suas técnicas a fim de subir mais um nível no taekwondo Songahm. Nem o exame anual no congresso da América Latina teve tantos candidatos.

E no domingo, 641 competidores de oito estados diferentes fizeram uma grande festa de motivação e marcialidade. Grande presença de público entre pais e familiares deu um toque a mais ao evento que promete ser ainda maior. “Vamos à busca de um evento com mil competidores no ano que vem”, aposta o professor anfitrião, Mestre Luiz Gustavo Botton.

Compartilhar

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Sign up to our newsletter!