Conheça os sintomas da mialgia

0

Caracterizada como dor muscular, localizada ou não, a mialgia surge devido a tensões nos músculos. A causa pode estar relacionada ao esforço excessivo, o que pode ocorrer devido a uma sobrecarga além da capacidade da pessoa. Mas, outros fatores podem estar vinculados ao problema como, por exemplo, a ergonomia inadequada no trabalho, o estresse, além de infecções e condições inflamatórias.

De acordo com o médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann, a mialgia pode atingir todas as partes do corpo e, geralmente, afeta um pequeno número de músculos por vez. A intensidade pode variar muito, indo de um leve desconforto até dor intensa e incapacitante. Geralmente este tipo de problema passa em poucos dias, mas há casos que duram mais tempo como semanas, meses e até anos.

O médico realça, ainda, que é muito comum a dor se originar de uma tensão muscular em algumas áreas do corpo em função do uso excessivo de algum músculo durante uma atividade física ou pelas lesões musculares na prática de exercícios físicos. Nestes casos, a dor afeta um músculo específico ou uma parte restrita do corpo.

Para prevenir ou evitar a mialgia, o médico recomenda alguns cuidados como alongamento e aquecimento antes e depois dos exercícios, respeitar o limite da força e evitar posições desconfortáveis. Para quem desenvolveu o problema, o tratamento normalmente pode ser feito com relaxantes musculares e analgésicos. Também é possível aplicar compressa de gelo, repousar, comprimir o local afetado e elevar o músculo dolorido.

Alguns casos de dores musculares afetam várias regiões do corpo ao mesmo tempo e chegam a ser sentida por todo o corpo. Geralmente, indicam uma infecção, uma doença ou o efeito colateral de alguma medicação.  Algumas condições que costumam provocar dor muscular generalizada incluem a síndrome da fadiga crônica, fibromialgia, hipotireoidismo, gripe, polimialgia reumática, entre outras.

Em casos de dores persistentes, Reichmann orienta que é fundamental procurar um médico.

Compartilhar

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Sign up to our newsletter!